Porque é que vemos sempre o mesmo lado da Lua?

Com cerca de 4.51 mil milhões de anos, a Lua é o único satélite natural do nosso planeta e o quinto maior satélite do nosso sistema solar. Este corpo celeste tem várias funções importantes. Em primeiro lugar, reflete a luz solar durante a noite, o que faz com que as noites não sejam tão escuras. Além disso, também tem um papel crucial no controlo das marés devido à força da gravidade existente entre a Terra e a Lua.

Todos nós já paramos para apreciar a beleza da Lua e já reparamos que o seu aspeto muda todas as noites devido à posição em que ela se encontra relativamente ao nosso planeta e ao Sol. O que nós vemos nessa situação são as suas diferentes fases. Em cada fase da Lua, uma parte está iluminada pelo sol enquanto a outra se encontra na sombra projetada pela Terra.

No entanto, o que muitas pessoas não sabem é que independentemente da fase da Lua, esta tem sempre a mesma face virada para o nosso planeta. Se observar várias fotografias, especialmente durante a Lua cheia, poderá verificar que efetivamente esta tem sempre a mesma face virada para a Terra.

Comparação das faces da lua
A Lua tem sempre a mesmo lado virado para a Terra

Porque é que Lua tem sempre a mesma face virada para a terra se ambos estão em constante rotação?

Tanto a Terra como a Lua rodam sobre o seu próprio eixo, à semelhança de um pião, mas a uma velocidade sempre constante. Além disso, enquanto a Terra orbita à volta do Sol, a Lua orbita à volta da Terra. Mas se ambos estão em constante rotação, porque é que tem sempre a mesma face virada para nós?

O motivo pelo qual vemos sempre a mesma face da Lua é porque o tempo de rotação e de translação da Lua são semelhantes, cerca de 27.3 dias. Isto significa que o tempo que a Lua demora a concluir uma volta sobre si mesma, é o mesmo tempo que demora a concluir uma volta em redor da Terra. Este fenómeno é conhecido como rotação síncrona e ocorre devido à força da gravidade. A rotação síncrona não é um fenómeno exclusivo da Lua, outros satélites naturais do nosso sistema solar tem rotação semelhante.

O que aconteceria se a velocidade de rotação da Lua diferisse?

Se a rotação da Lua e a sua órbita ocorressem a uma velocidade diferente, gradualmente nós conseguiríamos ver toda a sua superfície.

Na figura anterior, à esquerda podemos observar que quando o movimento de translação da Lua e a sua rotação demoram o mesmo tempo, a Lua mantém sempre a mesma face virada para a Terra. Por outro lado, à direita podemos observar que caso a Lua não tivesse rotação, veríamos toda a sua superfície ao longo do seu tempo de translação (cerca de 1 mês).

Se após a nossa explicação ainda não conseguiu visualizar como este fenómeno ocorre, veja o seguinte vídeo para uma melhor perceção.

Leia também: 20 curiosidades interessantes sobre a Lua

Gostou deste artigo? Então partilhe com os seus amigos!

Recomendado para si...