Nuvens: Tipos, características e curiosidades.

O que são nuvens?

As nuvens são um conjunto visível de partículas de água no estado líquido, sólido ou ambos ao mesmo tempo, em suspensão na atmosfera terrestre. Podem conter partículas não aquosas provenientes de vapores industriais, fumo ou outros resíduos. Estas podem ter várias formas, dimensões e encontraram-se a diferentes altitudes. A própria cor da nuvem pode variar dependendo da intensidade da exposição solar e da posição do observador em relação à nuvem.

Que tipos de nuvens existem?

tipos denuvens

Tipos de nuvens. Autor: Valentin de Bruyn

Nuvens altas:

Cirrus (Ci)

nuvem cirrus cirro

Cirrus. Fonte: Pixabay

Estes tipos de formações geralmente podem ser encontradas entre os 5 km e os 14 km acima do nível do mar, sendo designadas de nuvens altas. Encontram-se a uma temperatura inferior a 0ºC sendo por isso formadas por pequenos cristais de gelo, que devido à força do vento adquirem um aspecto filamentoso que se assemelha a filamentos de cabelo branco. Aliás, a palavra cirrus deriva do latim e significa “mecha de cabelo”. Regra geral são indicativo de bom tempo.

Cirrocumulus (Cc)

nuvem cirrocumulus

Cirrocumulus. Fonte: Pixabay

Podem ser encontradas entre os 6 km e 12 km de altitude, sendo também consideradas nuvens altas. Ao contrário das restantes nuvens de grande altitude (Cirrus e Cirrostratus), estas têm na sua composição algumas gotículas de água para além dos cristais de gelo. Tem um aspecto regular e são compostas por elementos pequenos com dimensões semelhantes entre si.

Cirrostratus (Cs)

nuvem cirrostratus

Cirrostratus. Fonte: Pixabay

São também consideradas nuvens altas e podem ser encontradas entre os 5.5 km e os 13 km de altitude, sendo maioritariamente constituídas por cristais de gelo. Têm o aspecto de um véu fino, esbranquiçado e semi-transparente, podendo ter entre algumas centenas de metros de comprimento ou cobrir o céu todo.

Nuvens médias:

Altocumulus (Ac)

nuvem altocumulus

Altocumulus. Fonte: Pixabay

Consideradas nuvens de camada média, as altocumulus podem ser encontradas entre os 2 km e os 6 km de altitude. Devido à sua altitude são constituídas maioritariamente por gotículas de água e raramente são encontrados cristais de gelo na sua composição. Têm um aspecto globular, em rolo ou em camada e apresentam uma cor branca ou acinzentada.

Altostratus (As)

nuvem altostratus

Altostratus. Fotografado por The Great Cloudwatcher

Tal como as altocumulus, são consideradas nuvens médias, sendo predominantes entre os 2.5 km e os 6 km de altitude. Constituídas maioritariamente por gotículas de água, podem conter em algumas ocasiões cristais de gelo na sua composição. Tem um aspecto cinzento ou azulado e podem formar um lençol imenso que abrange uma grande área, encobrindo o sol. Regra geral provoca uma precipitação ligeira mas continua.

Nuvens baixas:

Stratus (St)

nuvens stratus

Stratus. Fotografado por PiccoloNamek

São nuvens de baixa altitude e formam-se a uma altura inferior a 2 km. Formam um tapete uniforme de cor cinzenta que se assemelha a nevoeiro. Regra geral são indicativo de precipitação ligeira ou moderada.

Stratocumulus (Sc)

nuvem stratocumulus

Stratocumulus. Fotografado por WGMacKenzie

As Stratocumulus são também nuvens de baixa altitude e são predominantes a altitudes inferiores a 2.4 km. Têm uma cor que pode variar entre branco, cinzento dependendo da quantidade de água que carregam e da intensidade dos raios solares que as atravessam. Apresentam um aspecto arredondado ou cilíndrico, podendo o seu topo e base ser relativamente plano.

Nuvens verticais:

Cumulonimbus (Cb)

nuvem cumulonimbus

Cumulonimbus. Fonte: Pixabay

As Cumulonimbus são nuvens que se desenvolvem verticalmente, podendo atingir em casos extremos altitudes de 21 km. As suas dimensões colossais fazem com que sejam visíveis a centenas de quilómetros de distância. Estas são das nuvens mais perigosas, podendo provocar chuva, granizo e trovoada. Regra geral adquire a forma de uma bigorna, em que o seu topo liso se forma devido a ventos horizontais de grande altitude.

Cumulus (Cu)

nuvem cumulus

Cumulus. Fonte: Pixabay

Este tipo de nuvens bastante densas, possuem os seus contornos bem definidos e uma base plana, podendo ganhar alguma verticalidade. Têm um aspecto semelhante a algodão doce e são compostas essencialmente por gotículas de água, podendo ter alguns cristais de gelo no topo.

Nimbostratus (Ns)

nuvem Nimbostratus

Nimbostratus. Fotografado por LivingShadow

São cinzentas, com aspecto amorfo, que se formam a baixas altitudes mas podem apresentar alguma verticalidade. São predominantes a altitudes inferiores a 3 km e podem provocar precipitação de alguma intensidade.

Curiosidades sobre as nuvens:

  • Todos os planetas com uma atmosfera possuem nuvens; (Leia também: Quantos planetas existem no sistema solar?)
  • As nuvens reflectem a luz solar o que faz com que fiquem com uma cor branca;
  • As cumuloninbus são as principais responsáveis por atrasos na área da aviação, pois os aviões não podem atravessar este tipo de nuvens por ser muito perigoso;
  • A maioria das nuvens formam-se na troposfera (parte inferior da atmosfera terrestre), no entanto podem ascender até à estratosfera ou mesosfera;
  • O nevoeiro é um tipo de nuvem que pode ser encontrado muito próximo do solo;
  • A NASA estima que cerca de 67% da superfície terrestre se encontra coberta por nuvens em constante movimento;
  • Apesar do seu aspecto semelhante a algodão, as nuvens são muito pesadas. Nuvens do tipo cumulonimbus podem pesar mais de 400 000 kg;
  • As nuvens noctilucent são as mais altas, podendo existir a 60 km de altitude;
nuvem Noctilucent

Nuvens Noctilucent. Fotografado por Ireen Trummer

 

Artigos Recomendados