Peixes: Características e curiosidades

Os peixes são dos seres vivos com maior população no nosso planeta, afinal eles habitam os rios e oceanos, que correspondem a cerca de 70% da superfície do nosso planeta. Contudo, isto não significa que não existam riscos para estes animais. Algumas espécies de interesse económico estão a ser exploradas de forma não sustentável, levando à redução da população de determinadas espécies. A poluição e aquecimento global são outros factores que deixam estes animais em risco. É por isso importante proteger estes animais. Estas são algumas curiosidades sobre os peixes.

Curiosidades sobre peixes:

  • À semelhança dos répteis e anfíbios, os peixes também são animais de “sangue frio” porque não têm um mecanismo interno que regule a temperatura do seu corpo.
  • 90% dos peixes são ovíparos, isto significa que o desenvolvimento embrionário ocorre dentro de um ovo. Por outro lado, alguns peixes, como por exemplo o tubarão branco, são vivíparos e as crias desenvolvem-se dentro do corpo da progenitora.
  • A sua dieta varia de acordo com a espécie. Existem espécies carnívoras, herbívoras e omnívoras.
  • Os peixes também se podem “afogar”. Eles usam as suas guelras para captar oxigénio da água, no entanto quando esses níveis de oxigénio na água são baixas eles não conseguem sobreviver.
  • A descoberta de alguns fósseis, indicam que estes animais podem existir à mais de 530 milhões de anos.
Características e curiosidades sobre os peixes fossil fosseis

A descoberta de alguns fósseis, indicam que estes animais podem existir à mais de 530 milhões de anos. Fonte: Pixabay

  • Existe uma espécie apelidada de “peixe pulmonado” que é capaz de viver vários anos fora de água. São peixes de água doce, com pulmões, capazes de obter oxigénio directamente do ar. Por outro lado quando estão dentro de água, utilizam as brânquias para respirar.
  • O peixe mais velho do mundo era precisamente um “peixe pulmonado”, que foi adquirido pelo Aquário de Sydney e viveu até aos 90 anos.
  • Algumas espécies, como por exemplo os tubarões brancos, são capazes de aumentar a temperatura corporal para conseguirem caçar em águas com temperaturas muito baixas.
  • Um grupo de peixes designa-se de cardume. Eles utilizam os seus olhos e um complexo sistema de órgãos, denominado linha lateral, que detecta movimentos, vibrações e alterações na pressão da água. A linha lateral permite que os peixes se mantenham em formação no cardume, mesmo que seja composto por milhares de peixes.
Características e curiosidades sobre os peixes cardume

Um grupo de peixes designa-se cardume. Fonte: Pixabay

  • Os peixes que se encontram no centro do cardume são aqueles que controlam a direcção que o cardume vai seguir.
  • A enguia eléctrica tem a capacidade de produzir electricidade suficiente para matar um crocodilo.
  • Os tubarões são os únicos peixes com pálpebras.
  • O seu sono é diferente dos mamíferos. Durante o sono eles conseguem baixar a sua actividade e metabolismo, no entanto permanecem em alerta para conseguir reagir a eventuais predadores.
  • A maioria dos peixes possui papilas gustativas espalhadas por todo o corpo.
  • As espécies que habitam em água salgada bebem mais água em relação àqueles que vivem em água doce. Isto acontece devido ao potencial osmótico da água.
  • O anzol mais antigo já encontrado tem cerca de 42 000 anos.
  • Os peixes-palhaço, que se tornaram conhecidos devido ao popular filme de animação infantil “À procura de Nemo”, são animais hermafroditas. Estes peixes nascem machos, contudo podem mudar de sexo. Isto acontece de forma a aumentar a probabilidade de ocorrer encontros reprodutivos bem sucedidos. Esse processo pode levar semanas até ser concluído.
Características e curiosidades sobre os peixes peixe palhaço hermafrodita

Os peixes-palhaço são animais hermafroditas. Fonte: Pixabay

  • A maioria dos peixes tem percepção de cor e usam essa capacidade para se camuflarem dos seus predadores.
  • Eles não renovam as escamas durante o crescimento, contudo as escamas aumentam de tamanho. Com o crescimento, são formados anéis nas escamas, que permitem determinar a sua idade aproximada.
  • O peixe-gato tem cerca de 27 000 papilas gustativas comparativamente às 7 000 que nós temos.
  • O peixe-balão tem a capacidade de fazer o seu corpo aumentar de volume até aos 90 centímetros de diâmetro. Eles conseguem inchar ao engolir água, mantendo-a no seu estômago, aumentando assim a probabilidade de se afastar dos predadores.
  • O peixe-balão produz uma toxina 1200 vezes mais mortal que o cianeto.
Características e curiosidades sobre os peixes peixe balao

O peixe-balão tem a capacidade de fazer o seu corpo aumentar de volume até aos 90 centímetros de diâmetro. Fonte: Pixabay

  • A grande maioria das espécies de peixe não consegue nadar para trás. Os poucos que conseguem, são maioritariamente membros da família das enguias.
  • Paedocypris progenetica é a espécie do peixe mais pequeno do mundo. Descoberto durante a última década numa ilha da Indonésia (Sumatra), este minúsculo animal mede apenas 7.9 milímetros.
  • O Tubarão da Gronelândia, é o peixe com maior longevidade e pode atingir em média os 200 anos de idade. No entanto, já foi encontrado um espécimen com 400 anos.
  • O peixe-pedra é o mais venenoso do mundo, podendo provocar a morte em poucas horas se não receber tratamento médico urgente após a picada. Este é também um especialista em camuflagem e a sua semelhança a uma pedra faz com que as pessoas o pisem acidentalmente.
  • O tubarão-baleia é a maior espécie de peixe do mundo. O maior exemplar identificado até hoje tinha 12.65 metros de comprimento e pesava cerca de 21.5 toneladas. Esta espécie conseguiria engolir um ser humano inteiro sem dificuldade.
Características e curiosidades sobre os peixes tubarao baleia

O tubarão-baleia é a maior espécie de peixe do mundo. Fonte: Pixabay

  • O peixe-espada é considerado o peixe mais rápido do mundo, sendo capaz de atingir velocidades próximas dos 110 km/h.
  • Por outro lado, os cavalos-marinhos são os peixes mais lentos do mundo e são os únicos que nadam em posição vertical.
  • Nem todos os peixes têm escamas, os tubarões são um exemplo disso.
  • Actualmente existem cerca de 32500 espécies de peixes conhecidas. Todos os anos são descobertas novas espécies, o que indica que ainda existe uma imensa quantidade de espécies por descobrir.
  • Estima-se que os cientistas apenas exploraram cerca de 1% das profundezas dos oceanos, o que nos leva a acreditar que ainda existem milhares de espécies à espera de serem descobertas.
  • Existe uma espécie de peixe, conhecido vulgarmente por peixe-voador, que consegue planar, cerca de 50 metros. Porém, existem registos de alguns terem conseguido planar mais de 200 metros.
Características e curiosidades sobre os peixes peixe voador

Os peixes-voadores conseguem planar, em média, cerca de 50 metros. Fonte: Pixabay

  • A “chuva de peixes” é um fenómeno natural raro que ocorre quando um tornado passa sobre o oceano ou rio e transporta os peixes dentro do furacão até à terra, onde acaba por ocorrer uma “chuva de peixes”.
  • Os golfinhos e as estrelas do mar não são peixes.
  • Milhares de animais marinhos morrem todos os anos ao engolir sacos de plástico, uma vez que na agua são facilmente confundidos com alforrecas.
  • Estes animais, perdem o seu olfacto quando vivem muito tempo em rios ou lagos poluídos.
  • Cientistas acreditam que, devido à poluição, dentro de 3 décadas os oceanos vão conter mais resíduos de plástico do que de peixe.
  • Estes são alguns dos mais belos peixes do mundo.

Recomendado para si...