23 interessantes curiosidades sobre o açúcar

O açúcar é um dos produtos mais consumidos no nosso dia-a-dia, não estivesse ele presente em praticamente todos os alimentos. Foi descoberto à milhares de anos e ainda hoje tem um papel importante na nossa alimentação e economia. Apesar de hoje em dia, estarmos a tentar reduzir a quantidade de açúcar ingerida, o seu consumo a nível mundial continua a aumentar todos os anos.

coração no topo de um monte de açúcar
Imagem: Pixabay

Qual é a diferença entre “açúcar” e “açúcares”?

O termo “açúcares” é utilizado quando nos referimos a um amplo grupo de açúcares, nomeadamente os monossacarídeos (glucose, frutose e galactose) e dissacarídeos (sacarose, lactose e maltose).

Por outro lado, o termo “açúcar” é utilizado quando nos referimos a um tipo específico dos açúcares anteriormente referidos, a sacarose.

A sacarose é um dissacarídeo composto por dois açúcares ligados entre si, a glucose e a frutose. A sacarose é o açúcar que nós conhecemos tão bem e consumimos no nosso dia-a-dia.

Curiosidades:

1 – Açúcar é o termo genérico utilizado para classificar carboidratos (ou hidratos de carbono) cristalizados, nomeadamente sacarose, lactose e frutose. Contudo no nosso dia-a-dia, quando falamos em açúcar, geralmente referimo-nos à sacarose.

2 – Dependendo da sua complexidade os açúcares podem ser:

  • Monossacarídeos – Açúcares simples
    • Glucose – Dextrose
    • Frutose – Presente na fruta
    • Galactose – Presente no leite
  • Dissacarídeos – Açúcares compostos
    • Sacarose (Glucose + Frutose) – Açúcar de mesa
    • Lactose (Sacarose + Galactose) – Presente no leite
    • Maltose (Glucose + Glucose) – Presente no malte

3 – A glucose, frutose e galactose são os três componentes que compõem todos os carboidratos. Estes açúcares simples são conhecidos como monossacarídeos mas quando se ligam entre si e dão origem a açúcares compostos como a lactose, maltose e sacarose.

4 – O açúcar pode ser encontrado nas fibras de todas as plantas, resultado de um processo chamado fotossíntese, nomeadamente em frutos, lacticínios e vegetais. Os açúcares naturais presente nestes alimentos não são um problema para a nossa saúde.

5 – Os açucares adicionados são o verdadeiro problema para a saúde humana. São muitas vezes adicionados aos alimentos para dar um sabor mais agradável e ao mesmo tempo aumentar a validade, devido ao seu poder conservante. Estes açúcares adicionados não têm benefícios para o consumidor, são simplesmente calorias extra sem qualquer valor nutricional.

vários tipos de açúcar, branco, amare, mascavado
Imagem: Pixabay

6 – O excesso de açúcar está diretamente relacionado com doenças como a diabetes, obesidade e problemas cardíacos.

7 – Quando fica em contacto com os dentes, o açúcar provoca mais cáries do que qualquer outro alimento. É por isso essencial escovar os dentes pelo menos duas vezes por dia.

8 -O excesso de açúcar pode comprometer a eficácia do sistema imunitário. As bactérias alimentam-se da glicose presente no nosso organismo. Por isso, o excesso deste carboidrato proporciona um ambiente ideal para o desenvolvimento de bactérias e consequentemente o aparecimento de doenças.

9 – Apesar de todas as plantas produzirem açúcar, a cana-de-açúcar e beterraba são as escolhas mais eficientes para a sua extração devido à quantidade que produzem. A cana-de-açúcar é produzida em regiões tropicais e subtropicais, como é o caso do Brasil. Por outro lado, a beterraba é cultivada em climas temperados, como por exemplo, a Europa.

10 – 80% do açúcar é produzido a partir da cana-de-açúcar enquanto os restantes 20% são produzidos a partir da beterraba.

cana de açúcar
Imagem: Pixabay

11 – Ao contrário daquilo que muitas pessoas pensam, uma colher de chá cheia de açúcar contém apenas 15 calorias. Uma caminhada de 3 minutos é o suficiente para desgastar essas calorias. Não é apenas o excesso de açúcar que faz uma pessoa engordar. É o consumo de calorias em excesso, independente da fonte dessas calorias, que leva ao aumento de peso.

12 – O consumo diário de açúcar ideal é de 6 colheres de chá para as mulheres e 9 para os homens. Contudo nós consumimos cerca de 4 vezes mais todos os dias.

13 – A cana-de-açúcar representa a maior colheita do mundo em termos de quantidades de produção. Estima-se que todos os anos sejam cultivados cerca de 26 milhões de hectares, sendo o Brasil o maior produtor.

14 – Nos produtos alimentares existem 2 tipos de açúcares, os açúcares naturais e os açúcares adicionados. Ambos têm a mesma composição e não conseguimos distinguir o sabor dos dois. Geralmente quando um produto é vendido com a indicação “sem açúcar” no rótulo, significa que não tem açúcares adicionados, contudo continua a ter os açúcares naturais.

15 – Os hidratos de carbono são a fonte de energia preferida do nosso corpo, porque a maioria fornece glicose. A glicose é uma das formas mais simples de açúcar e é essencial para que o cérebro, órgãos e músculos sejam capazes de funcionar.

grãos de açúcar a cair
Imagem: Pixabay

16 – Inicialmente o açúcar era tão raro e caro que apenas a realeza era capaz de o comprar. Mas com o passar do tempo e com o aumento da produção em todos os continentes, este tornou-se num produto de fácil acesso e disponível para todos.

17 – Durante o século 18, antes do açúcar se tornar mundialmente disponível, o mel era utilizado para adoçar os alimentos.

18 – É um dos ingredientes mais antigos do mundo. Acredita-se que foi cultivado pela primeira vez na Nova Guiné por volta de 8000 AC.

19 – É uma substância viciante. Para além de ser um produto altamente palatável, também tem um elevado valor hedónico, o que significa que sentimos prazer quando consumimos açúcar.

O açúcar é viciante como a droga
Imagem: Pixabay

20 – O consumo de açúcar tem aumentado na população mundial cerca de 1% por ano. Para além disso a sua produção tem crescido a um ritmo ainda maior, fazendo com que se torne cada vez mais barato.

21 – Estudos recentes indicam que o consumo excessivo deste carboidrato tem um impacto negativo na memória e capacidade cognitiva das pessoas. Igualmente, o seu consumo excessivo provoca um envelhecimento precoce da pele.

22 – Os limões têm neles presente maior quantidade de açúcar do que nos morangos, no entanto, a acidez do limão ajuda a mascarar a sua doçura.

23 – O “lugduname” é o composto mais doce do mundo e é cerca de 220 000 vezes mais doce que o açúcar.

Gostou deste artigo? Então partilhe com os seus amigos!

Recomendado para si...